Dicas de Atrações Culturais de Angra dos Reis

Até o início deste século, Angra dos Reis tinha um riquíssimo patrimônio arquitetônico com características do período colonial. Algumas contruçőes resistem até hoje apesar da febre de desenvolvimento assolou a década de 40 onde a urbanizaçăo da cidade apagou parte desta história. Conheça um pouco também do que os artistas plásticos produzem instirados na magia que envolve Angra dos Reis. Neste artigo você confere dicas de atrações culturais em Angra!

Dividimos as atrações da seguinte forma :

  • Atrações Urbanas
  • Atrações Religiosas
  • Artes Plásticas
  • Teatro
  • Eventos Tradicionais

A Belíssima Lagoa Azul de Angra dos Reis
Foto: Ana Carolina no Nascimento Guimarães

Atrações Urbanas de Angra dos Reis

Antigo Mercado de Peixe / Mercado Municipal
Praça Duque de Caxias, s/nº – Centro – Angra
Acesso:
O Antigo Mercado de Peixe está situado no Centro da praça, em frente ao Chafariz da Saudade. Originariamente o mar chegava bem próximo, mas com o aterro posteriormente executado, apresenta-se hoje bastante afastado.
Construçãodo início do século XX, sua utilização, hoje, é comercial.
Arquitetura típica de mercado, com portas voltadas para a praça. Cobertura em oito águas coroadas por Lanternim para ventilação, destacando-se sua estrutura aparente em madeira e ferro, com uma coluna circular central funcionando como ponto de apoio. Beiral de madeira, sustentado por mãos francesas. Base toda de pedra, até a altura de 1m. Panos de paredes brancos com detalhes geométricos, em relevo, pintada de azul.
Visitação turística: Em horário Comercial – voltar

Casa de Cadeia Pública / Câmara Municipal de Vereadores
Praça Nilo Peçanha – Centro – Angra
Acesso: O atrativo encontra-se no ponto Central do Distrito Sede
A casa de Cadeia Pública / Cãmara Municipal de Vereadores está localizada numa das Laterais da Praça Nilo Peçanha. O conjunto circundante da praça é composto na sua maior parte, por edifícios de 2 a 3 andares, destacando-se o Prédio do Governo Municipal e o sobrado que lhe faz fundo. A praça é simples e pequena, sem arborização de porte e as ruas que a contornam são estreitas e calçadas com paralelepípidos.
Não se tem conhecimento da data precisa de sua Construção, mas segundo Honório Lima, pode-se afirmar qua data de aproximadamente 1688.
Está atualmente muito modifica em virtude das várias reformas sofridas, que acabaram por descaracterizá-la.
Contrução de planta retangular sólida, com acesso para o segundo pavimento por escada externa, na fachada frontal à praça. Os vãos desta fachada, no 2º andar são portas almofadadas com molduras de massa realçadas pela pintura azul, arqueadas. Possuem também balcões individuais com guarda-corpos de ferro. O pavimento inferior apresenta vãos simples e embasamento de pedra. O guarda-corpo da escada externa também é de ferro. Seu interior foi bastante modificado para acomodar as instalações da Câmara Municipal de Vereadores
Visitação turística: de 2ª a 6ª feira de 10:00 às 17:00h – voltar

Casa da Fazenda do Pontal
Rodovia Rio-Santos (BR 101) Km 102 – Cunhambebe
Acesso: Seguindo pela BR-101, até o Km 102, subir uma ladeira suave de aproximadamente 50m, onde se encontra o atrativo.
A casa está situada junto à BR-101, com entorno composto pela construção do antigo engenho, residências e uma vegetação de porte médio e alto.
Não há referâncias do ano de construção, mas sabe-se que data do século XIX.
Não foi possível identificar, através de bibliografia, qualquer fato histórico relacionado com a fazenda. Soube-se apenas que era o local onde o ex-governador Carlos Lacerda passava os fins de semana com sua família.
Construção rural, típica do interior, sem nenhum elemento arquitetônico especial.
Sua implantação aproveita o desnível do terreno, fazendo com que, na parte frontal, tenha dois pavimentos e na parte posterior apenas um. Possui pequeno anexo de serviços, na parte posterior esuqerda.
Visitação turística: Somente exrtena. – voltar

Casa da Fazenda do Tanguá
Saco do Tanguá / Praia do Tanguá – Cunhambebe
Acesso: Aluguel de barco no Cais de Santa Luzia
Distância do Centro mais próx.: 5,5 milhas de Angra dos Reis
A casa está situada em uma planície, junto à praia, em meio a uma grande área gramada e ajardinada.
Não há referências do ano de construção, mas sabe-se que data do século XVIII.
Construção rural sólida, que por estar próxima ao mar, proporciona uma vista de interesse para os navegantes.
Obs.: Placa indicativa “Área de terreno da Marinha, Uso exclusivo do Ministério da Fazenda”
Visitação turística: Somente externa. – voltar

Chafariz da Carioca
Rua Professor Lima – Centro
Acesso: Seguindo pela rua da Prefeitura
O Chafariz da Carioca está situado no final da Rua Professor Lima, rua bem estreita, com calçamento de paralelepípedos, tendo seu entorno composto por casas simples de dois pavimentos. à sua direita exixte um pequeno obelisco. Está próximo à Praça Nilo Peçanha, onde estão o Prédio do Governo Municipal e a Casa de Cadeia Pública/Câmara de Vereadores.
Sua construção data de 1842.
É composto de Frontão simples, com cimalha marcada e covolutas por dois pináculos laterias e corpo central maior, em volutas. Cinco bicas de bronze jorram água em um pequeno tanque de pedra, com grade de ferro. Deste tanque elas correm para um pequeno poço de granito, à direita, de onde seguem para a galeria de águas pluviais
Visitação turística: Permanente. – voltar

Chafariz da Saudade
Praça Duque de Caxias – Centro
Próximo ao Mercado de Peixes
O Chafariz da Saudade está situado em frente ao prédio do antigo Mercado de Peixes.
Sua construção data de 1871, e foi projetado pela Câmara Municipal, em 1863, para perpetuar a memória da vida de S. M. o Imperador Dom Pedro II, no dia 06 de dezembro desse ano.
O Chafariz, monumento em Granito, tem o formato de um prisma, em cantaria, com base quadrangular, com uma torneira em cada uma de suas faces, sendo coroados por uma pinha de louça, colocada posteriormente.
Visitação turística: Permanente. – voltar

Conjunto da Fazenda Grataú
Rodovia Rio-Santos (BR 101) – Cunhambebe
O atrativo está localizado junto à BR.
Distância do Centro mais próx.: 2Km da Vila do Frade.
O conjunto está localizado à direita da BR-101 (sentido Rio-Santos), sendo bastante visível, pois seu entorno é composto de um pequeno lago, à sua frente, e vegetação do porte baixo e médio. Ao fundo, o recorte dos morros da Serra do Mar e, à esquerda, o Rio Grataú.
O conjunto é composto por um casarão de dois pavimentos, mais antigos, sem detalhes arquitetônicos. Há outro casarão, mais próximo do lago, artificial, e outros prédios menores, inclusive uma pequena capela mais afastada.
O lago, com um repuxo e uma dora d´água à sua margem, dá ao conjunto uma aspecto bem campestre.
Visitação turística: Somente externa. – voltar

Conjunto da Praça General Osório
Praça General Osório (Largo do Carmo) – Centro
O atrativo está localizado próximo ao Cais de Santa Luzia
O conjunto está situado em lote que abrange duas ruas: Rua do Comércio e Rua Júlio Maria.
As três fachadas estão voltadas para áreas abertas: Praça General Osório, Cais de Santa Luzia e Largo do Carmo, o que propicia excelente visibilidade do conjunto. Nas proximidades, destacam-se o Conjunto do Convento do Carmo e a Igreja do Carmo, a Igreja da Ordem 3ª de Nossa Senhora do Carmo e o Chafariz Marquês de Herval.
Data do século XVIII e foi tombado pela antiga SPHAN, atual IBPC, em 1969 e 1970, pela conotação histórico-urbana que apresenta, além do apuro da construção e grandiosidade da concepção.
O conjunto é composto de sobrados uniformes, a ponto de parecerem uma só construção. Nas três fachadas, no pavimento térreo, os vãos são postos com molduras de pedra, com verga arqueada. No pavimento superior da fachada voltada para a praça, apresenta portas e janelas com molduras de madeira, vergas arqueadas, guarda-corpo corrido de ferro, bandeiras e folhas externas envidraçadas. Nas outras duas fachadas os vãos são janelas com molduras de madeira, vergas arqueadas e bandeiras guilhotinas envidraçadas. O conjunto apresenta também cunhais bem marcados com embasamento de pedra.
O interior das casas foi bastante alterado para acomodar as instalações dos novos estabelecimentos.
Visitação turística: Em horário Comercial. – voltar

Prédio do Governo Municipal
Praça Nilo Peçanha – Centro
O atrativo está localizado junto à Praça Nilo Peçanha
O prédio, localizado num dos lados da Praça Nilo Peçanha, tem do lado oposto o antigo prédio da Cadeia Pública, onde hoje funciona a Câmara Municipal de Vereadores. O conjunto circundante da praça é composto, na maior parte, por contruções de 2 a 3 andares, sem maiores cuidados arquitetônicos.
Destacam-se apenas o prédio da Cãmara de Vereadores e um sobrado que lhe faz fundo. A praça, onde está situado o atrativo, é pequena e simples, sem arborização de porte e as ruas a contornam são estreitas e calçadas com paralelepípedos.
O edifício foi construído para ser o Paço Municipal, no fina do século XIX, com recursos da própria municipalidade e inaugurado em 24 de maio de 1876. Na segunda década do século XX, foi abandonado com todo o mobiliário, arquivos e biblioteca, até ruir. Em 1930 foi totalmente restaurado e a sede do Governo Municipal, que se achava instalada num sobrado da rua do Comércio, foi para lá transferida.
Contrução simples de 2 pavimentos, com platibanda frontal. No pavimento superior, as sete janelas apresentam molduras de massa e sobreverga reta, também de massa. Entre as janelas e a cornija vêem-se três brasões nacionais, em massa, pintados. No térreo, pequeno patamar frontal com escadas laterais, dando acesso às três portas. Portadas de pedra com vergas em arco pleno; porta central mais alta e todas as três com bandeira de ferro. O interior do prédio foi bastante alterado para acomodar as instalações do Governo Municipal.
Visitação turística: De 2ª a 6ª feira de 10:00 às 17:00h. – voltar

Praia da Feiticeira em Angra
Foto de autoria de Valdiney Pimenta

Atrações Religiosas

Capela de Nossa Senhora do Amparo
Rodovia RJ 16 (Angra Getulândia), a 6 km do trêvo da BR 101 – Angra
A capela está situada em um platô às margens do Rio Jurumirim, porém em cota mais elevada. Do lado esquerdo do platô existe um pequeno cemitério murado.
Não há referência do ano de construção, mas sabe-se que data do século XX.
Trata-se de uma construção singela, mas com boa harmonia de linhas. Fachada frontal composta de porta central e pequeno vão retangular acima da mesma. A torre sineira fica situada na parte posterior direita e na lateral esquerda. Há uma pequeno anexo colado ao corpo central.
Visitação turística: Somente externa

Capela da Ordem Terceira da Penitência
Morro de Santo Antônio – Centro – Angra
A capela está situada no núcleo urbano, em um outeiro, no Morro de Santo Antônio. Seu entorno imediato é pela ocupação urbana que atinge grande parte das encostas. Do outeiro avista-se toda a cidade e o porto. Do seu lado esquerdo estão as ruínas do antigo Convento de São Bernardino de Sena.
Construção do século XVII, do mesmo período do Convento e da Igreja de Nossa Senhora do Carmo.
Foi tombada pela antiga SPHAN, atual IBPC, em 23/07/1947. Trata-se de construção de modestas proporções, composta por capela, pequeno cemitério e claustro. Fachada de linhas simples, portadas com verga de arco abatido em cantaria e porta em folha dupla de madeira almofadada. À altura do coro, três janelas com molduras de cantaria, vergas também em arco abatido e sistema de vedação com folhas internas e madeira e vidraças em guilhotinas. Cimalhas bem marcada, frontão com curvas mais nervosas, coroado por cruz central e dois pináculos laterais. Óculo central em forma de trevo de quatro folhas.
No seu interior são dignas de destaque as imagens de São Francisco de Assis, em terracota, com 1,16m de altura, a de Nossa Senhora da Conceição, do mesmo material, com 92 cm e a de Santo Antônio, com 1,08m também em madeira.
Visitação turística: Somente externa.

Capela da Ordem Terceira da Penitência
Morro de Santo Antônio – Centro – Angra
Acesso: O atrativo encontra-se no ponto Central do Distrito Sede
A casa de Cadeia Pública / Cãmara Municipal de Vereadores está localizada numa das Laterais da Praça Nilo Peçanha. O conja-corpos de ferro. O pavimento inferior apresenta vãos simples e embasamento de pedra. O guarda-corpo da escada externa também é de ferro. Seu interior foi bastante modificado para acomodar as instalações da Câmara Municipal de Vereadores
Visitação turística: de 2ª a 6ª feira de 10:00 às 17:00hl

Artes Plásticas

Lila Melo
Inspirada no fundo do mar, Lila Melo cria seus quadros com tinta óleo e materiais plásticos. Sua técnica de colagem de peças plásticas sobre a tela faz dos quadros verdadeiras obras em terceira dimensão. A sensação é de que o fundo do mar está logo ali!
Atualmente Lila tem mais de centenas obras espalhadas pelo país além de outras em hotéis e pousadas da região.

Teatro

8º Encontro Nacional de Teatro de Rua

O projeto ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA, implementado pelo CUCA -CENTRO UNIFICADO DE CULTURA E ARTE, ha 8 anos, visa incentivar a produção de teatro de rua por grupos amadores e profissionais de todo país, pois o teatro de rua é uma das manifestações artísticas que busca uma ligação direta dos artistas com o público, e é com esse teatro concretizado em qualquer espaço que se propõe desta forma a “popularização da arte”.

São três dias em que grupos de todo território nacional mostram seu trabalho. São encenações infantis, adultas, críticas políticas, farsas e musicais, passando pela alegria irreverente com que esse tipo de arte trata dos valores de cultura brasileira.

Enfim, o ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA é um evento já consagrado e tradicional em todo país, trazendo no seu bojo os anseios e perspectivas de todos os artistas, buscando neste intercâmbio o enriquecimento técnico dos grupos participantes e uma visão mais ampla da sociedade por parte do público, através da aproximação cada vez maior entre espectador e artista, pois é este o principal objetivo da arte em geral.

Histórico dos encontros

O primeiro encontro foi realizado no periodo de 11 a 14 de outubro de 1990, com apoio da Funaij, Prefeitura Municipal de Angra dos Reis, Prefeitura Municipal de Paraty, contou com a participação de 140 pessoas divididas em 11 grupos.

O II Encontro Nacional de Teatro de Rua cresce. Sendo novamente realizado com parceria da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis, o evento se concretiza entre os dias 14 e 17 novembro de 1991 , contado com a participação de 11 grupos, num total de 120 pessoas.

Vem a realização do III ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA, de 9 a 12 de outubro de 1992, que se torna finalmente um evento de proporções nacionais. Alcançando o merecido respeito junto ao cenário artístico brasileiro, reúne esta vez 14 grupos, num total de 150 pessoas. Mais uma vez a Prefeitura Municipal, agora aliada ao Conselho Municipal de Cultura e à Casa da Cultura de Angra dos Reis, dá total apoio para a concretização do Encontro. Estima-se que público de 400 pessoas assistiu aos espetáculos, totalizando ao final de quatro dias, 6.000 espectadores.

Vem o ano de 1993, e com o total apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Esportes, realiza-se o IV ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA, confirmando ainda mais a importância deste, que já figura entre os maiores eventos teatrais brasileiros. O evento se supera e consegue reunir entre os dias 12 e 15 de novembro nada menos que 170 pessoas, num total de 15 grupos. O número de pessoas assistindo aos espetáculos é excepcional, chegando a alcançar; segundo estimativas da Polícia Militar, um total final de 10.000 (dez mil) espectadores, dos quais uma importante parcela era formada por turistas, que lotavam nossa cidade nessa época do ano.

Com a realização do V ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA, a cidade de Angra dos Reis confirma sua vocação para eventos culturais. O CUCA, realiza uma grande festa pelas ruas, becos e praças da cidade que são invadidos por mais de 160 artistas divididos em 13 grupos oriundos das mais variadas cidades brasileiras. O público final atinge a marca extraordinária de 18.000 pessoas. Vale destacar o sucesso paralelo, na concretização do 1 SEMINÁRIO DE TEATRO DE RUA, um sonho antigo dos organizadores.

De 9 a 12 de Novembro de 1995, foi a vez do VI ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA, onde a cidade voltou a ser o palco dos artistas mambembes. Cerca de 16 espetáculos, exposicão de artes plástica na rua, capoeira, foram atração desse evento que, contou com cerca de 150 artistas e um público estimado de 15.000 pessoas. A realização do II SEMINÁRIO DE TEATRO DE RUA foi um sucesso, onde os artistas debatem o fazer o teatral em geral. Compartilhando a realidade de suas regiões. Momento importante, onde é fortalecido o seu amor à arte de representar.

O VII ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA, repetiu o sucesso dos anos anteriores, totalizando 13 espetáculos que distribuíram cores, alegrias e arte pelas ruas e praças da cidade de Angra dos Reis.

Com um público estimado em 12.000 pessoas entre turistas e moradores das cidade. O III SEMINÁRIO contou com pesquisadores da área de teatro da Uni-Rio, representante da ABTB e ARTB, FETEMiG, e a participação de 300 artistas e simpatizantes, elevando ainda mais a qualidade das discussões.

Eventos Tradicionais

8º Encontro Nacional de Teatro de Rua

Teatro de RuaO projeto ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA, implementado pelo CUCA -CENTRO UNIFICADO DE CULTURA E ARTE, ha 8 anos, visa incentivar a produção de teatro de rua por grupos amadores e profissionais de todo país, pois o teatro de rua é uma das manifestações artísticas que busca uma ligação direta dos artistas com o público, e é com esse teatro concretizado em qualquer espaço que se propõe desta forma a “popularização da arte”.

São três dias em que grupos de todo território nacional mostram seu trabalho. São encenações infantis, adultas, críticas políticas, farsas e musicais, passando pela alegria irreverente com que esse tipo de arte trata dos valores de cultura brasileira.

Enfim, o ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA é um evento já consagrado e tradicional em todo país, trazendo no seu bojo os anseios e perspectivas de todos os artistas, buscando neste intercâmbio o enriquecimento técnico dos grupos participantes e uma visão mais ampla da sociedade por parte do público, através da aproximação cada vez maior entre espectador e artista, pois é este o principal objetivo da arte em geral.

Programação:
1º Dia – Sexta-Feira 27/11
20:30 – Abertura Solene do “8º ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA”
21:00 – Abertura da Exposição “CENAS E CENA” – Retrospectiva dos Eventos anteriores
22:00 – “Performance de Abertura” – Local: Rua Coronel Carvalho

2º Dia – Sábado 28/11
10:00 – Livres Intervenções Artísticas – Local: Ruas e Praças do Centro da Cidade
17:00 – Espetáculo: “A GULA” – Grupo: Sóficina – Angra dos Reis/RJ – Local:Praça do Porto
18:00 – Espetáculo: “OS OPERÁRIOS DA ALEGRIA” – Trupe: Os Operários da Alegria – Rio de Janeiro/RJ – Local: Praça da Matriz
19:00 – Espetáculo: “CANTIGAS” – Grupo: Embaixo do Céu – Teatro do SESI – Juiz de Fora/MG – Local: Praça do Porto
22:00 – Espetáculo: “LA SCARPETTA” – Lume: Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais – Campinas/SP – Local: Praça da Matriz

3º Dia – Domingo 29/11
16:00 – Espetáculo: “OS GREGOS” – Cia de Teatro Medieval – Rio de Janeiro/RJ – Local: Shopping Pirata’s Mall
17:00 – Espetáculo: “UNS E OUTRAS” – Cia UÓ de Teatro – Vespasianos/MG – Local: Praça do Porto
18:00 – Espetáculo: “PIPISTRELLO” – Seres de Luz Teatro – Campinas/SP – Local: Praça do Porto
19:00 – Encerramento do “ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO DE RUA” com leitura da Carta de Angra – Local: Praça do Porto

Proscição Marítima!

As festas de final de ano em Angra dos Reis promete superar todas as espectativas. Será certamente um reveillon inesquecível na Praia do Anil com a tradicional queima de fogos a meia-noite e um Forró que irá até o dia amanhecer!!!

E não pense que acabou, por que dia 1º e o ponto alto da festa com a maior procissão marítima da américa latina, transformando a Baía da Ilha Grande num verdadeiro

“Carnaval no Mar”, que este ano trará um trio elétrico e a Bateria da Escola de Samba de Padre Miguel.

Conclusão

Esperamos que tenham gostado desse passeio pela riquíssima cultura de Angra dos Reis!

 

Avisos Legais sobre Pacotes de Viagens e Produtos Turísticos

  • O MercadoViagens.com não se responsabiliza por conteúdo gerado por terceiros. Lei 12.965/2014 Arts. 18 e 19.
  • Pacotes turísticos, roteiros e viagens são publicados por usuários não vinculados ao MercadoViagens.com
  • Todas as informações, imagens, ofertas e tarifas dos pacotes de viagens são de inteira responsabilidade do autor do conteúdo.
  • O MercadoViagens.com não intermedia ou participa de qualquer etapa das negociações entre anunciantes e clientes.
  • O licenciamento de eventuais fotos e textos de autoria de terceiros é de inteira responsabilidade do autor do conteúdo.
  • Tarifas turísticas sujeitas a disponibilidade e câmbio turismo. Consulte sua operadora turística. Pacotes turísticos sujeitos a disponibilidade.